ficha_tecnica
Aumentar fonte Diminuir fonte

Cultura Gastronômica

ALBAMAR

Slide 1
Slide 2
Slide 3
Slide 4
Slide 5
Slide 6
Slide 7
4 1 2 3 5 6 7

A história do restaurante começa na época do prefeito Pereira Passos, que promoveu grandes obras de remodelação urbana, inclusive a construção de um grande mercado, inaugurado em 1908. O mercado tinha planta quadrada e cinco torreões octogonais, um maior no centro e quatro menores nos ângulos externos. Em 1933, em um dos torreões menores, começou a funcionar o restaurante Albamar. Em 1962, o mercado foi demolido para construção do elevado da Perimetral, à exceção do Albamar, com sua estrutura metálica importada da Bélgica, que havia sido tombado pela União.

Desde sua inauguração até a década de 1970, era um ponto de alta gastronomia e prestígio, atraindo ilustres frequentadores. Na forte crise econômica ocorrida nas décadas de 80 e 90, o restaurante quase foi à falência. Em 2009, o chef Luiz Incao, ao se aposentar da cozinha do Copacabana Palace Hotel, que comandou por 19 anos, venceu uma licitação para assumir o comando do Albamar.

Sob nova direção, houve uma completa reestruturação: o salão recebeu nova decoração, a cozinha ganhou equipamentos modernos e o ambiente de eventos privados sofreu melhorias. O cardápio também foi incrementado, preservando sua característica de servir peixes nobres e frutos do mar. Alguns pratos foram mantidos, outros foram acrescentados e são renovados a cada quatro meses.

O ambiente requintado, com as mesas muito bem postas, fina louça e talheres de prata, transformam uma simples refeição em um evento prazeroso. As opções de entrada são divinas e até o delicado couvert tem um toque especial, com os pães fabricados na casa.  O menu oferece uma enorme variedade para encantar os mais finos paladares. Um dos pratos mais pedidos é a Mariscada Albamar ao molho de azeite perfumado e arroz de brócolis, que serve duas pessoas. Outros pratos, tais como risotos, massas, peixes nobres grelhados, bacalhau, e até filet mignon ou aves, ganham um sabor todo especial.

Para coroar a refeição, as sobremesas são verdadeiras obras de arte culinária, das quais destacam-se o incrível carpaccio de abacaxi com sorvete de canela e a irresistível Trilogia de Chocolate (petit gâteau, sorvete de choco chips e mousse de chocolate branco).

Cenário de alguns filmes e de muitas histórias reais, como a do arquiteto da ponte Rio-Niterói que o frequentava, não raro para “vigiar” as obras, o Albamar continua cativando seus clientes e surpreendendo os visitantes que por lá passam pela primeira vez. Além de oferecer uma privilegiada e deslumbrante vista para a Baía de Guanabara, o requintado restaurante proporciona aos clientes um verdadeiro deleite gastronômico.

12h às 21h - 2ª a sábado
12h às 17h - domingos

Preços variados

Todas as idades

Carro, Metrô (Estação Carioca)

81 - G4

Informações:

Praça Marechal Âncora, 184 – Centro
(21) 2240-8428 / (21) 2240-8378

Facebook: Albamar Restaurante
Site: http://www.albamar.com.br
E-mail: restaurante@albamar.com.br