ficha_tecnica
Aumentar fonte Diminuir fonte

Música e Arte

CASA DO CHORO

Slide 1
Slide 2
Slide 3
Slide 4
Slide 5
Slide 6
4 1 2 3 5 6

O sonho da menina Luciana Rabello era que houvesse no Rio de Janeiro um clube do choro, como em outras cidades. Em abril de 2015, o sonho se tornou realidade com a inauguração, em um casarão na Rua da Carioca, deste espaço cultural que tem como presidente a agora adulta Luciana, cavaquinista e compositora.

A proposta da Casa, que é dirigida pelo Instituto Casa do Choro, é ser um centro cultural voltado para a música carioca, com especial foco no choro. Além disso, tem a missão de promover atividades para formação de plateia e de músicos profissionais, bem como preservar e divulgar o precioso acervo que registra a memória de séculos de música. Disponibilizado para pesquisa, o acervo conta com mais de 15 mil partituras dos séculos XIX e XX, mais de 2 mil discos de 78 rotações e LPs, além de material iconográfico, bibliografias e material correlato.

Dos livros e CDs comercializados na lojinha do térreo, destaca-se o livro “O Choro”, escrito em 1936 por um carteiro e músico, conhecido como “Animal”, que descreve o cotidiano do Rio Antigo vivido por muitos chorões. Uma nova edição foi enriquecida com notas explicativas e inclui um CD com gravações originais de várias músicas apontadas no livro. A Casa do Choro também realiza exposições e uma de grande sucesso foi a “Retratos Falados”, com caricaturas de chorões pouco conhecidos. Há também eventos especiais, como foi o leilão de peças de Jacob do Bandolim, incluindo desde a palheta de tartaruga à gravatinha borboleta, e que revelou uma outra paixão do mestre: a fotografia. Várias câmeras utilizadas por ele e até uma foto premiada estavam disponíveis no leilão.

A Casa tem um excelente auditório com cem lugares, onde shows acontecem diariamente em dois horários, às 12h30 e às 19h, com ingressos a preços acessíveis. Duas vezes ao mês há uma série especial noturna, às 20h30. Para participar dos diversos cursos, seminários e fóruns de debate, basta se cadastrar no site oficial. Um detalhe: todas as salas têm nomes de chorões famosos, como Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha.

O Instituto Casa do Choro também é idealizador do projeto Escola Portátil de Música, famoso por sua abrangência e relevância na formação musical de jovens talentos, o qual atende alunos e forma professores e multiplicadores. A Escola Portátil tem inclusive seu espaço na Casa, ampliando o número de cursos oferecidos.

A Casa do Choro veio suprir uma demanda há tempos reprimida, pois, como não ter uma casa para honrar o chorinho no centro da cidade, que foi o seu berço?

11h / 11h30 às 12h30 / 17h30 às 18h30 - 2ª a 6ª (bilheteria)

A partir de
R$ 20 (inteira)
R$ 10 (meia-entrada)
(espetáculos)

Preços variados
(cursos)

Gratuito
(visita ao Centro Cultural)

Todas as idades

Rampa, Banheiro para cadeirantes

Carro, Metrô (Estação Carioca), Ônibus

44 - E5

Informações:

Rua da Carioca, 38 – Centro
(21) 2242-9947

Facebook: Casa do Choro
Site: http://www.casadochoro.com.br
E-mail: contato@casadochoro.com.br