ficha_tecnica
Aumentar fonte Diminuir fonte

Museus

MUSEU DO AMANHÃ

Slide 1
Slide 2
Slide 3
Slide 4
Slide 5
mudeu-do-amanha-1 mudeu-do-amanha-2 mudeu-do-amanha-3 mudeu-do-amanha-4 mudeu-do-amanha-5

Com foco no olhar para o mundo e refletir sobre as consequências do que a gente faz hoje em dia, o inovador Museu do Amanhã, dedicado às Ciências, convida os visitantes a conhecerem melhor este universo, através de experiências vivenciadas de forma totalmente interativa, que dialogam com todas as faixas etárias, estimulando, de forma ética e consciente, suas escolhas para o futuro.

O arrojado projeto arquitetônico está ancorado no Pier Mauá, na região portuária, e foi projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava. A construção é um grande exemplo de sustentabilidade, com uso de materiais reciclados de alta durabilidade, a captação de água da Baía de Guanabara para reutilização de várias formas, um sistema na cobertura com placas solares para gerar energia elétrica, entre outros itens de baixo impacto para o meio ambiente. A parte externa, com cerca de 30 mil metros quadrados, inclui áreas de lazer com jardins e ciclovias e um belíssimo espelho d’água na base da edificação, que possui dois pavimentos conectados por rampas, amplas salas de exposição, laboratório, observatório, cafeteria, restaurante e uma loja, totalizando 15 mil metros quadrados de área construída.

O segundo andar é ocupado pela principal exposição do Museu do Amanhã, baseada na proposta de curadoria do físico e doutor em cosmologia Luiz Alberto Oliveira, que leva o público a percorrer uma narrativa fantástica, segmentada em cinco áreas: Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhã e Agora, onde informações superimportantes e dezenas de experiências são disponibilizadas em português, inglês e espanhol. Podem ser agendadas visitas mediadas para grupos.

Outro significativo setor do Museu é o Observatório do Amanhã, que detecta e compartilha informações sobre mudanças climáticas, crescimento da população, alteração da biodiversidade, entre muitas outras, coletadas de fontes confiáveis como os centros produtores de conhecimento do Brasil e do mundo, incluindo a NASA. A proposta de monitorar os sinais vitais do planeta propõe também um questionamento sobre as mudanças que acontecerão nas próximas cinco décadas, e o quanto cada indivíduo pode contribuir de maneira positiva ou negativa. Os dados são sempre atualizados e não se esgotam, permitindo que o usuário tenha sempre uma experiência nova, vislumbrando uma realidade que estará sempre 50 anos à frente da época atual.

Para exercer todo este conhecimento adquirido no Museu, foi criado o Laboratório de Atividades do Amanhã, como espaço para discussão, pesquisa, cursos, apresentações práticas e exposições, aberto ao público em geral e aos acadêmicos. Os moradores da região também são beneficiados com atividades especiais e gratuidade na visitação.

O Museu do Amanhã se faz presente para mostrar que o amanhã não é uma data, nem um lugar, e sim uma construção individual e coletiva que começa no agora.

9h às 18h - 3ª a domingo

R$ 8 a R$ 12 (previsão)
Gratuita às terças-feiras

Todas as idades

Rampa, Banheiro para cadeirantes, Elevador

Carro, Metrô (Estação Uruguaiana), Ônibus

124 - E2

Informações:

Avenida Rodrigues Alves, 1 (Praça Mauá) – Centro

Facebook: Museu do Amanhã
Twitter: @museudoamanha
Site: http://www.museudoamanha.org.br
Site: http://www.museudoamanha.org.br/blog/